domingo, 11 de agosto de 2013

Minha participação - Momentos de Inspiração 5ª Edição




A Felicidade


Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração tenha a certeza de que está apaixonada.

O amor chegou a sua vida e você não consegue fazer mais nada a não ser ficar em frente à janela olhando para o vazio, sonhando em encontrá-lo novamente, se envolver no seu olhar e seu corpo vibrar de tanta emoção e prazer.

Daniele mora sozinha desde  a morte de sua mãe. É professora e trabalha uma parte do dia lecionando numa escola do bairro. Seus parentes moram em outra cidade distante e tem alguns amigos que são da escola ou do próprio bairro.

Gosta muito de ler e de trabalhos manuais, com que se ocupa o resto do dia além dos afazeres da casa.

Reside em uma cidade pacata de interior e agora com a descoberta de um poço de petróleo vem crescendo o número de pessoas que vem a trabalho e muitos que estão ficando para morar.

Foi assim que ela conheceu o Fred que alugou um apartamento no mesmo prédio e no mesmo andar do seu.

Todos os dias pela manhã se encontram ao saírem para trabalhar e assim que se conheceram. Tudo começou com um simples bom dia e que a cada dia ia se somando novos assuntos.

Ficaram amigos e agora já seguiam uma parte do caminho juntos conversando, contando sobre suas vidas e muitas vezes rindo de alguma coisa engraçada.

Um dia Fred bateu a sua porta no final da tarde trazendo uma xícara de chocolate quente para ela provar. Daniele sem graça o convidou para entrar e bateram um longo papo enquanto saboreavam o delicioso chocolate quente.

Entre encontros e chocolates quentes Daniele foi se apaixonando pelo seu vizinho, o seu tão sonhado príncipe encantado. Tinha seus receios, pois pouco sabia de sua vida e já havia se apaixonado uma vez, talvez não tão doce e embriagante como agora.

Quando se apaixonou pela primeira vez era muito jovem e inexperiente o que a levou a fazer loucuras. Graças a Deus a sua mãe estava a seu lado dando todo o apoio, carinho e orientação que uma filha precisa nessas horas.

Sua mãe sempre dizia que a vida é um jogo e que temos que saber dar as cartas, mas nem sempre se pode sair vencedores. E quando acontecer de você ser o perdedor saiba como agir com dignidade, caráter e não fazer nada que deponha contra a sua honra e princípios.

Tinha consciência de tudo isso, mas o que importava era que ela estava loucamente apaixonada, já não era mais adolescente  e sabia onde estava pisando.

Era o amor de sua vida e iria vivê-lo intensamente enquanto durasse. Nesse jogo iria colocar as cartas com maestria e lutaria com todas as forças para  sair vencedora porque ali estava como prêmio a sua felicidade.




ism_rs

Minha participação:

Momentos de Inspiração 4ª Edição


i

9 comentários:

  1. Muito linda e com certeza, merecia ter a felicidade sonhada! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. O improvável apostou no Amor e estendeu um tapete verde-esperança pela rua.Daniele aceitou o convite da vida.
    Viva o romantismo!
    Bjkas,
    Calu

    ResponderExcluir
  3. Irene!
    A felicidade é nossa busca constante na vida. Fiz dela meu objetivo...
    Linda sua forma de se expressar.

    Fiquei muito feliz em receber sua visita no blog e vim aqui agradecer, muito obrigada! Volte sempre que puder, aguardarei!

    Desejo um DOMINGO sublime e carregado de amor no coração!!
    FELIZ DIA DOS PAIS!!
    Paz, amor e muita luz!
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  4. Romântico e sensível. A felicidade é o que buscamos, não é mesmo?
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Mesmo mães falando, acho que todos querem viver a situação, mesmo que sofram depois.
    Cada um tem o direito de escolher, desde que não se prejudique muito, e amar, e sofrer e chorar e começar tudo de novo.

    Lindo, Irene!
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Daniele merece ser muito feliz com Fred
    Linda inspiração, Irene
    Beijinhos de
    Verena e Bichinhos

    ResponderExcluir
  7. Olá, querida Irene
    O amor vencerá!
    Ainda viajando pelo Pantanal...
    Bjm de paz e bem

    ResponderExcluir
  8. Irene, adorei conhecer a personagem do seu texto, história cercada de romantismo. Encontrar um amor pode significar um novo norte para alguém que anda solitária. Um abraço!

    ResponderExcluir
  9. Irene,ficou tão bonita sua participação!Uma reflexão da personagem que muitas vezes é nossa tb!Bjs e vou participar da próxima!

    ResponderExcluir

Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails