sábado, 23 de julho de 2011

"BLOGAGEM COLETIVA EDUCAÇÃO E ESCOLA "


Esta é minha participação na 2ª Blogagem Coletiva proposta pelos blogs UMA PANDORA E SUA CAIXA  e  DIÁRIOS DE BORDO. As amigas Jaci e Aleska são estudantes de história e em pouco tempo estarão enfrentando os desafios impostos pela profissão de educador. Face a essa realidade promoveram essa coletiva com o tema EDUCAÇÃO E ESCOLA.


TODOS SONHAMOS COM UMA ESCOLA QUE SEJA PÚBLICA, GRATUITA E DE QUALIDADE, MAS ENTRE O SONHO E A REALIDADE EXISTE UM CAMINHO, QUAL SUA IDÉIA SOBRE ESSE CAMINHO?

Um pouquinho da minha historia
Confesso que não sou a pessoa certa para tentar dar idéias que venham a ser favoráveis para chegarmos a um caminho promissor. Idéias que possam transformar esse sonho em realidade só poderão ter algum efeito se cada um fizer a sua parte. O País vive tantos problemas que são prioridade e tantas pessoas influentes que querem fazer tudo, mas não conseguem fazer nada.

Desculpem se estou aqui colocando palavras de pura demagogia, mas sou o reflexo de um molde de Educação que não existe mais. Estudei em Colégio de Freiras porque ganhei uma bolsa de estudos e tinha que ser boa aluna para poder continuar como bolsista. Graças a isso concluir o Ensino Fundamental com uma boa base. Terminei o Ensino médio em Escola Pública e num tempo que a Educação tinha o seu valor. O Professor apesar de ser mal remunerado, carregava dentro de si o amor à profissão e para ter um salário razoável dava aula em vários colégios.

Para chegar a cursar a Faculdade tive que enfrentar o vestibular Unificado onde só podia escolher a opção das gratuitas o que tornava mais difícil passar. Depois de um ano de total dedicação onde já trabalhava fora e cursava o curso preparatório à noite, consegui passar para a extinta FAHUPE – Faculdade de Humanidades Pedro II para o curso de Ciências Biológicas. Depois de quatro anos estava formada como professora de Biologia com Licenciatura e Bacharelato.


Tinha um diploma e estava feliz correndo em busca da minha realização, mas a realidade não é nada daquilo que imaginamos quando estamos dentro das salas de aula, nos estágios.

Parece que tudo é fácil, mas quando estamos de fato e direito na frente de uma turma de estudantes e com a responsabilidade de cumprir o programa escolar independente se a escola possa ou não lhe oferecer condições para tal, aí é que descobrimos o amor que sentimos pela arte de educar.


Gastava quase todo o meu salário para poder preparar slides, pesquisas e passeios para ensinar a minha matéria. Ensinar Ciências sem ter um laboratório decente e nem material é tentar fazer um milagre, mas não deixávamos a peteca cair.

Isso que conto aqui foi há trinta anos e sei que muita coisa mudou, mas a luta continua e muitos outros problemas mais sérios surgiram. Temos as escolas e Faculdades particulares que dominaram o mercado face aos problemas no ensino público. Triste em dizer que virou um comércio que se preocupa com a educação desde que seja promissor financeiramente para a sua unidade de ensino.

Poderia continuar a contar a minha história e do que vivi como mãe, os problemas de educação e colocação do meu filho no mercado, mas isso não levaria a uma resposta acertada.

Acho que o importante é continuar caminhando, ensinando e construindo o seu espaço. Cabe aos jovens de hoje cercados pelos meios de comunicação, com uma visão vasta sobre o mundo a encontrarem o caminho tão sonhado.


Escrever deve ser relevante para a vida(...) Escrever deveria ser significativo para as crianças(...) uma necessidade intrínseca deveria emergir nelas, e(...) o ato de escrever deveria estar incorporado a uma tarefa que se mostrasse necessária e relevante para a vida. Apenas assim podemos estar certos de que ela se desenvolverá não como uma questão de hábitos manuais, mas como uma forma de discurso realmente nova e complexa. (Vygotsky )



Para quem quer viver mais e melhor: saiba que a vida pode tudo. Faz de tudo. Acontece de tudo. Ela é tudo, é o destino. Lutar contra ela, pode não rolar. Mas agora, ir junto a ela, do ritmo dela as “coisas” podem fluir melhor. Fazer com gosto o que tem de ser feito. Fazer com estilo. Sem empurrar com a barriga. Não entre no círculo vicioso de adiar a VIDA! Brinque com ela, divirta-se com ela. Aproveite com ela. Seja ela! Acredite: o monstro é feio, mas não morde. (daqui)

 

12 comentários:

  1. Irene, muito obrigada pela participação, seu post foi perfeito, ótimo vê sua experiencia, como a gente trabalha néh amiga!!! Como é dificil a nossa formação, como o salário não compensa, mas professor bom é um bicho duro, não deixa a peteca cair!!!!

    Obrigada Irene, conhecer pessoas como você não tem preço!

    ResponderExcluir
  2. Belo depoimento Irene!

    Educação, na minha visão, no país ainda temos muito a fazer para ela acontecer e ser justa de fato.

    Um belo fim de semana p/ vc!

    Beijooooooooooo

    ResponderExcluir
  3. Olá,Irene!!

    Lindo post!!Também vou participar, embora atrasada...vou postar amanhã, como não sou professora, vou falar sobre o meu ponto de vista,uma mãe que se preocupa e muito com o tipo de educação que se recebe nas escolas públicas, e infelizmente não é animador...mas ouso sonhar que um dia será diferente!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. Irene, bela historia... Tambem precisei dar duro, estudar de verdade pra poder fazer uma faculdade. Tive muita sorte ao fazer um curso profissionalizante (magisterio) em peridodo integral, que tambem me preparou para o vestibular de uma universidade publica.
    Hoje vemos a educaçao sucateada, oferecida a preços baixos e qualidade duvidosa, pricipalmente no nivel superior. Me entristece...

    bom te conhecer!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Irene! Que coincidência vc ensinar biologia rsss. eu ficava sem graça nas aulas porque os meninos ficavam elétricos olhando pras meninas com caras de safados e falando besteiras para professora. Obrigada mesmo pela participação e por me desejar um bom futuro na sala de aula. Espero seguir seu exemplo e me dedicar à beça a ensinar melhor meus alunos. Mil beijos!

    ResponderExcluir
  6. °º✿
    º° ✿✿♥ ° ·.
    Olá, amiga!
    Que saudade!!!
    Seu blog continua cada vez mais bacana.
    Um ótimo domingo!
    Boa semana!
    Beijinhis de Minas.

    °º✿
    º° ✿✿♥ ° ·.

    ResponderExcluir
  7. Hoje o ProjetandoPessoas comemora 11 meses de existência! E de hoje até 24/08, quando o Blog completa 1 ano de vida, preparei uma sequência de surpresas para o Blog, homenageando grandes amigos de jornada! Espero que você aprecie a minha forma de celebrar essa conquista e me passe seu feedback sincero a medida que meu plano de 30 dias de festa avance! Serão dias diferentes de postagens até aqui! Mas tenha certeza de que está sendo preparado com muito carinho para todos! Aguardo seus comentários, críticas construtivas ou sugestões, ok?
    Com muita admiração e respeito por cada um de voces! bjs e abraços Sandra
    http://projetandopessoas.blogspot.com//
    @ProjetaPessoas
    Projetandopessoas@hotmail.com

    ResponderExcluir
  8. "...Era uma vez um incêncio na floresta. Todos os bichos fugiam, menos um beija-flor que continuamente trazia água no seu bico e jogava no fogo que cada vez aumentava mais.-Foge, beija-flor, foge!O que vc está fazendo não está adiantando nada!-diziam os bichos. -Estou fazendo a minha parte!-respondeu o beija-flor, orgulhoso dos seus gestos, mas esperançoso de que cada um fizesse sua parte..." Vc me fez lembrar essa estorinha que a maioria de nós pode conhecer.É importante que cada um de nós faça sua parte, para depois se tornar um todo. Parabéns Irene pelo exemplo! Abraços

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. "...Era uma vez um incêncio na floresta. Todos os bichos fugiam, menos um beija-flor que continuamente trazia água no seu bico e jogava no fogo que cada vez aumentava mais.-Foge, beija-flor, foge!O que vc está fazendo não está adiantando nada!-diziam os bichos. -Estou fazendo a minha parte!-respondeu o beija-flor, orgulhoso dos seus gestos, mas esperançoso de que cada um fizesse sua parte..." Vc me fez lembrar essa estorinha que a maioria de nós pode conhecer.É importante que cada um de nós faça sua parte, para depois se tornar um todo. Parabéns Irene pelo exemplo! Abraços

    ResponderExcluir
  11. Falou e disse tudo,Irene.Muito legal e esse tema, sempre importante!

    Adorei o poema lá!Beijos,obrigadão,chica

    ResponderExcluir
  12. Adorei!
    Eis o que digo: problemas, a educação sempre teve, nunca foi perfeita; o que aumentou, ao meu ver, foi o modo das pessoas a verem. Antes, ser professora era algo admirável e reconhecido (não falo da questão econômica, falo da população em geral). Hoje, as pessoas não dirigem seus melhores olhares às professoras e não acham que a educação escolar sirva muito mais do que pra dar um diploma que lhe será útil, tento aprendido ou não o que foi ensinado. O que esperam da educação é superficial, o que reflete na visão que as pessoas tem dos professores.
    Nos faltam tantos profissionais dedicados quanto uma sociedade consciente.

    ResponderExcluir

Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails