domingo, 7 de agosto de 2011

" Carta ao amor "


Coração, 07 de agosto de 2011


Amor,

Moras neste meu coração desde sua primeira batida avisando ao mundo que eu estava chegando. Acompanhastes os meus primeiros passos, as minhas manhas e rabugices, as minhas brincadeiras, os meus tombos e travessuras.

Quando jovem tivestes a paciência de me ouvir, de saber de todos os meus segredos, de quando me apaixonei pela primeira vez e tantas outras, sempre enxugando as minhas lágrimas e mostrando que mesmo na tristeza estavas presente.

Companheira inseparável em todos os momentos sem nunca reclamar mesmo que o meu ódio e rancor fossem tão grandes que quase não sobrasse lugar para estares aqui dentro.

Enchestes de alegria quando encontrei o meu príncipe encantado e toda radiante  me casei construindo uma linda família.

Foste  amiga fiel em todas as fases de minha vida e nunca cheguei para te dizer o quanto te quero bem , o quanto te amo meu amor.
Ensinastes que o valor de alguém, o amor por alguém, ou de algo, é dado unicamente por nós, é pessoal, único, exclusivo, intransferível.


Quando a inevitável dor da perda chegou enchendo de feridas  este coração tivestes a paciência de cuidar de cada uma com a delicadeza de um anjo. 

Ficava triste, mas aos poucos conseguia enxergar que mesmo triste e tendo perdido um ente tão querido, eu tinha sido capaz de amar, e, mesmo sem prestar às vezes atenção nisso, o mundo ficava mais bonito , pois o mundo sempre é mais belo quando refletido naquilo que amamos.

Amor meu, que deste coração cuidas há tanto tempo, não deixando uma cicatriz nele permanecer por muito tempo,o que mais poderia estar aqui colocando nesta simples carta.  Somente tenho a dizer que sou o que sou porque tenho dentro de mim a ti , sentimento tão sublime, que me faz ter vontade de viver.

Afagos apertados neste peito que é só teu.

Pauta para Destaque Julho

9 comentários:

  1. És demais, guria! Que coisa linda essa carta ao coração, amigo de toooooooodas as horas! beijos,chica

    ResponderExcluir
  2. Que lindeza Irene! Tocante seu texto.

    Meu beijo, meu carinho e boa semana!!

    ResponderExcluir
  3. Boa noite Irene!

    Acho que carta ao um amigo como esta, está cada vez mais raro... As pessoas estão perdendo o hábito de escrever manualmente e postar no "jurássico" correio...

    Belo texto!

    Uma semana iluminada p/ vc!

    Beijooooooooo

    ResponderExcluir
  4. Oi Irene, é sempre um grande prazer estar aqui em seu espaço e poder ler tudo que vc escreve, pois há mto sentimento.
    Quero tb agradecer como sempre seus comentários no Wallarte, que eu adoro.
    Apareça sempre amiga.
    Bjocas grandes.
    Waleria Lima.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela visitinha!
    Muito legal seu blog, já estou seguindo.
    Bom começo de semana cheio de Deus no seu coração.
    Beijocas...

    ResponderExcluir
  6. Olá,Irene!!

    Nossa, estou emocionada, que carta linda!!!E não deixaste nada de fora, foste perfeita e completa!!!!!!
    AMEI MINHA QUERIDA!!!
    É um presente ler um texto assim!!!
    Beijos pra ti com muito carinho!!

    ResponderExcluir
  7. Ai amiga Irene!
    Tanto amor até me fez lembrar a marmelada que fiz hoje, doce e saborosa como só a minha :))))
    Falo de marmelada de marmelo mesmo !!!

    Adorei!
    És excepcional.

    Beijão enorme.

    ResponderExcluir
  8. Que linda essa carta ao amor. O coração merece esse carinho.Gostei muito do seu blog e ja estou te seguindo. Convido a conhecer meu blog, e se gostares me siga também. Um abraço e ótima semana

    Smareis

    ResponderExcluir
  9. Olá, adorei a visita!!!
    Boa quinta para ti!!!
    Bjs do Neno

    ResponderExcluir

Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails