quinta-feira, 25 de agosto de 2011

" Um adeus para sempre "


Os ponteiros do relógio vão marcando o tempo sem parar
E a vida segue nesse compasso durante dias e noites sem fim
Faça Sol ou faça chuva é sempre um motivo para comemorar
A imensa alegria e felicidade que trago dentro de mim.

De repente me vejo sozinha com o coração partido
Carregando no colo quem um dia a mim carregara
Luto com unhas e dentes para que não vá embora
Cobrindo-a de carinhos e cuidados o tempo todo.

Por mais que protelasse o dia do adeus chegara
E abraçada aquele corpo frágil a dor me sufocava
Deixando o silêncio tomar conta desse momento
Um momento de tristeza que apertava meu peito.

Um adeus quando é para sempre
É muito triste e deixa saudade
Ficando em nossos corações
Uma vida de recordações.

Irene Moreira

"Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância.
Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade.
Usar a dor para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência."
(Augusto Cury)


Participação 4ª Semana Idéias Compartilhadas



Adeus! - Tema 4ª Semana
ESSA QUARTA SEMANA É DEDICADA AOS TRISTES "ADEUS":
Contribuição do querido poeta Silvio Afonso, Blog Palhaço Poeta!


EU NÃO DISSE ADEUS...

Foi lindo como um dia de domingo, um jardim de borboletas coloridas. Foi como que do céu tivesses vindo e nos meus braços repousasse em sonhos a menina. A beleza da imagem era tamanha que eu sorri no tempo em que velei teu sono, me permiti ser teu cão, teu guia, a tua segurança, platéia atenta, destemida que a espera não fraqueja.Tuas mãos ao longo do teu corpo e a beleza do sorriso no teu rosto justificando da natureza a harmonia. Um dia inteiro de festa, de dança e de entrega, de espera e conquista durante um longo tempo; um segundo para quem parte, uma eternidade para quem fica e tu foste sem dizer nada. Quem sabe sem mesmo saber que foi nos meus braços que tu repousaste os teus últimos momentos de adoração pelos que te conheciam, e da saudade que me mata aos pouco.

5 comentários:

  1. Tuas inspirações são sempre assim: LINDAS! Essa é mais uma! beijos,ótimo fds,chica

    ResponderExcluir
  2. Lindo poema!
    Bela homenagem...

    As vezes não precisamos dizer ADEUS, só um ATÉ LOGO!

    Uma ótima sexta p/ vc!

    Beijooooooooooo

    ResponderExcluir
  3. Agfradeço a sua visita e fiquei feliz por seguir-me. Seguirei você, também, pois gostei muito do seu blog.

    Por que dizer, adeus?...
    Porque não dizer até breve?...
    As lágrimas do coração,
    ficarão muito mais leve...

    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
  4. O tema desta semana Irene, me marcou muito pelo fato de eu ter dito adeus ao meu pai. Eu pedi a Nossa Senhora para levá-lo.
    era muito sofrimento.
    Dizer adeus foi difícil.
    é como disseste um momento de tristeza apertou o coração
    bjos Irene boa sorte

    ResponderExcluir
  5. Irene, que profundas as palavras deste poema... foram bastante importantes para mim. Quero aproveitar e desejar um ótimo final de semana para você...

    ResponderExcluir

Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails