domingo, 19 de junho de 2011

" A troca de cartas "

Estava mantendo o nosso amor vivo através das trocas de cartas que passaram a ser constantes após o nosso reencontro nas minhas férias.

O meu primeiro amor que por nossas escolhas de vida nos separaram e que por mais que quisesse adormecer esse sentimento sentia que o destino nos mantinha unidos de alguma forma.

Acabara de receber mais uma carta sua, cheia de palavras de amor, que se misturavam com suas novidades sobre o trabalho, as atividades da fazenda, seus estudos, seus sonhos que em suas entrelinhas deixavam escorregar o desejo de me ter ao seu lado.

Ler suas cartas me deixava fora de órbita e começava a imaginar o que estaria fazendo naquele momento. Será que estaria ansioso em receber a minha carta de retorno? Imagino Vitor sentado na sua poltrona predileta pegando as correspondências olhando envelope por envelope na esperança de encontrar a minha carta no meio delas.

Passava um longo tempo lendo e relendo suas cartas e minha imaginação ia além da realidade tentando me convencer de que ele estaria agindo igual a mim.

Essa situação está me deixando tão insegura e tão frágil que já não consigo levar a minha vida sem pensar em estar novamente ao seu lado. E tudo que faço ou até mesmo na leitura de um livro paro e começo a pensar em nós dois.

Lendo um livro parei numa frase que dizia: ”Ela sabia que ele era louco por ela, mas agora ela temia que ela não fosse o suficiente.”

Depois de tanto tempo que estávamos vivendo separados era assim que me sentia. Tinha medo de perdê-lo, de achar que a distância o levaria a deixar de me amar.

Poderíamos estar nos comunicando utilizando as redes sociais, mas tudo começou com uma carta que me enviou com umas folhas cheirosas contando nossos últimos momentos juntos. Foi o início de trocas de cartas de amor que foi se mantendo e sempre que chego a casa vou direto à caixa do correio.

Vivo na esperança de que essas cartas possam levar a decidirmos nossas vidas para podermos estar juntos novamente e para sempre. Só que a cada carta que envio começo a viver a ansiedade da espera de sua resposta.

Por isso que ando com meu emocional um pouco abalado e preciso tomar uma decisão na minha vida. Sigo caminhando passo a passo buscando me manter firme e em equilíbrio para acalmar o meu coração.


"Por mais longe que o espírito alcance, não vai tão longe quanto o coração."



Participação para:
2ª Edição dos Contos da Carochinha
Projeto Atrás dos Pensamentos
9ª Edição Sentimentos
Projeto Suas Palavras

***Para os que acompanham as minhas participações em projetos literários  comecei a contar uma história que vinha seguindo em capítulos a cada edição. O  personagem é único e vem se desenvolvendo conforme vão surgindo as fases de sua vida.*** Para lerem desde do início os capítulos anteriores é só acessar na página SAGA DA RAQUEL.

imagem internet

11 comentários:

  1. Uma situação delicada e muito bem relatada.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Bom dia,Irene!!

    Lindo conto!!Ah!!Como deve ser difícil amar assim a distância...
    Mas se o amor for verdadeiro acredito que dá certo!!
    **Sou uma romântica incurável!!rsrsrs
    Parabéns pela bela participação!!
    Beijos pra ti!
    Bom início de semana!!

    ResponderExcluir
  3. Olá, querida
    Estou me identificando com o seu conto... mas é difícil manter a elo só por carta porque falta a convivência...
    Espero que dê ceto o seu conto tão carinhoso afinal...
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  4. Que vontade me deu de ler a carta!
    Falta de educação!
    Papai e mame corresponderam nos tres anos de namoro.
    Ainda temos algumas cartas
    com carinho Monica
    Mamae em Araxa e papai no Rio

    ResponderExcluir
  5. Hj é tudo tão frio, as cartas ficam pra gente ler e reler qtas vezes tiver vontade.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Deu pra sentir na pele . de tão bem expressa que foi, a situação e os que sente a personagem...Insegurança que provoca desequilíbrio.]]]Linda participação! um beijo,lindo dia,chica

    ResponderExcluir
  7. Oi Irene,
    Obrigada pela visita.
    Será bem vinda a participar deste novo desafio que lançamos.
    Uma boa semana.
    bjos

    ResponderExcluir
  8. Duras estas constantes encruzilhadas, não é? Parece que mal nos livramos de uma, já vem a outra....

    []s

    ResponderExcluir
  9. Bom dia,Irene!!!

    Obrigada pelo carinho!!!
    Desejo-lhe um lindo dia!!
    **Vou arranjar um tempo e vir conhecer a saga da Raquel!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  10. Caríssimos amigos
    (no plural pois é extensivo aos seus leitores)

    É com grande alegria interior que estou comemorando os 500 seguidores em meu Blog:

    http://espiritual-idade.blogspot.com/

    200 seguidores em meu Blog:

    http://espiritual-poesia.blogspot.com

    200 seguidores em meu Blog:

    http://espiritual-mimo.blogspot.com

    A Vitoria é nossa!!!
    Pegue os seus mimos por lá... Vc os merece...

    Excelente feriado com as bênçãos do Alto...
    Com gratidão, carinho fraterno e amizade
    SE DEUS É POR NÓS... QUEM SERÁ CONTRA NÓS???
    Orvalho do Céu

    ResponderExcluir
  11. OBRIGADO pelo carinho da sua visita! o seu cantinho é muito acolhedor viu?! bjoxxxxxxxxxx no coração!

    ResponderExcluir

Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails