quinta-feira, 8 de setembro de 2011

" Sinto falta da tua vida "


...a cadeira vazia na varanda já não me serve como apoio nos momentos de fraqueza, e não me leva para passear todos os fins de semana, ou se quer me faz sorrir contando aquelas histórias antigas com morais e tudo mais.

Eu sinto saudade de pessoas que deveriam ainda permanecer aqui, segurando a minha mão e me mostrando o certo e errado. Sinto falta do colo aconchegante de pessoas que não tiveram tempo suficiente para viver até os meus benditos 15 e irresponsaveis anos.

Sinto falta do beijo de boa noite, nas noites sem energia. Sinto falta dos abraços cheios de afeto. Sinto falta da sua compreenção, da sua presença...

(Texto de Laura Pedrosa)



"Que a felicidade puxe uma cadeira e sente-se ao meu lado, para sempre! "
(Enéas)


Chapéu: ninho de idéias.
(Marcelo Soriano)

13 comentários:

  1. Muito linda tua escolha aqui! beijos,ótimo dia!chica

    ResponderExcluir
  2. Que texto bonito! Eu sinto falta de algumas coisas também...

    beijos e ótimo dia :) saudades!

    ResponderExcluir
  3. Irene, vc me fez sentir saudades do meu pai... As vezes a sua presença física faz falta...

    Um ótimo dia p/ vc!

    Beijooooooooooo

    ResponderExcluir
  4. Tb sinto falta de tantas coisas amiga.

    Obrigada pela sua companhia.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. Eu sinto falta também de muitas coisas, mas hoje , neste momento sinto falta da voz de meu pai.
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  6. Irene. Saudade, tão suficiente para elevar nossos sentimentos e pensamentos a pessoas e lugares que nos fazem falta; e insuficiente para trazê-los até nós. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Ah... eu tbm sinto tanta falta... tanta ;o(
    Saudades é algo que machuca e incomoda.

    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  8. Ah Irene, as vezes sinto falta até do que nunca foi. Sinto a falta dos desejos que nunca foram realizados e dos sonhos esquecidos nos canteiros do tempo. REflexão profunda...bjs

    ResponderExcluir
  9. Sinto saudades da mão que embalava a cadeira da minha vida!
    Lindo este texto!
    Beijo amigo
    Graça

    ResponderExcluir
  10. Minha querida

    Hoje passando para oferecer o meu selinho de 2 anos de blogue, feito com o carinho das vossas palavras.

    Beijinhos
    Rosa

    ResponderExcluir
  11. Boa noite Irene!

    Também sinto saudades de pessoas que povoaram minha vida,algumas por muito tempo, outras por pouquissimo tempo.
    Ai que saudades!
    Mas que bom que sentimos saudades,sinal que amamos essas pessoas que se transformaram em estrelas e que estão no céu a luzir.
    Feliz saudade para você querida Irene.

    ResponderExcluir
  12. Tem faltas que são para sempre, não tem como substitui-las.
    Lindo texto.
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Ola,

    ... Saudade é não saber. Não saber o que fazer com os dias que ficaram mais compridos, não saber como encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento, não saber como frear as lágrimas diante de uma música, não saber como vencer a dor de um silêncio que nada preenche...


    Obrigada por estar com a gente em nosso mundo dos sonhos.
    Beijos,
    Adriana,
    Clube dos novos autores

    ResponderExcluir

Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails