quinta-feira, 12 de agosto de 2010

"TALVEZ . . . "



"TALVEZ eu venha a envelhecer rápido demais, mas lutarei para que cada dia tenha valido a pena.

TALVEZ eu sofra inúmeras desilusões no decorrer da minha vida, mas farei com que elas percam total importância diante dos inúmeros gestos de amor que encontrei.

TALVEZ eu não tenha forças para realizar todos os meus ideais, mas jamais irei me considerar uma derrotada.

TALVEZ em algum instante eu sofra uma terrível queda, mas não ficarei por muito tempo olhando para o chão.

TALVEZ um dia de sol deixe de brilhar, então irei me banhar na chuva.

TALVEZ um dia eu sofra alguma injustiça, mas jamais assumirei o papel de vítima.

TALVEZ eu tenha que enfrentar inimigos, mas terei humildade para aceitar as mãos que se estenderem em minha direção.

TALVEZ numa dessas noites frias eu derrame muitas lágrimas, mas não terei vergonha por esse gesto nobre.

TALVEZ eu seja enganada inúmeras vezes, mas não deixarei de acreditar que alguém merece minha confiança.

TALVEZ, com o passar do tempo, eu perceba que cometi grandes erros, mas não desistirei de continuar trilhando meu caminho.

TALVEZ eu perca grandes amizades, mas irei aprender que aqueles que realmente são meus amigos nunca estarão perdidos e sem amparo.

TALVEZ algumas pessoas queiram o meu mal, mas continuarei plantando a semente da fraternidade por onde eu passar.

TALVEZ eu fique triste ao concluir que não consigo seguir o ritmo de uma música, mas, então, farei com que a música siga o compasso dos meus passos.

TALVEZ eu nunca consiga enxergar o arco-íris, mas aprenderei a desenhar um, nem que seja dentro do meu coração.

TALVEZ hoje eu me sinta fraca, mas amanhã irei recomeçar nem que seja de uma maneira diferente.

TALVEZ eu não aprenda todas as lições necessárias, mas terei consciência de que os verdadeiros ensinamentos já estão gravados em minha alma.

TALVEZ a vontade de abandonar tudo torne-se a minha companheira, mas, em vez de fugir, correrei atrás do que almejo.

TALVEZ eu não seja exatamente quem eu gostaria de ser, mas passarei a admirar a pessoa boa que me tornei.

Porque no final não haverá nenhum TALVEZ e sim, a certeza de que minha vida valeu a pena e eu fiz o meu melhor....



Como eu já dizia: Quem se define apenas se limita!!!!!!"






Imagens google
Texto pensador _Anônimo

14 comentários:

  1. Ki lindos TALVEzes....
    Tudo bem com vc dona sumida? saiba que vc continua sendo minha amiga chiquetosa, que sigo viu?

    Depois vai lá no bloguito me fazer uma visita, não suma não! em breve terei uma lgoinha no blog, e estou começando desde hoje, postar coisas a venda....hj postei um lindo telefone, daqueles antiguérrimos...se vc gosta essa é a hora!

    beijos

    Joana Campos

    ResponderExcluir
  2. Oi querida, Irene tudo bem?
    Na nossa vida acontece tantos "talvez", que as vezes esses talvez nos mostrará mais para frente , que a vida vale ter sido vivida de uma maneira, cheia de talvez.
    Beijinhos a vc, ótima sexta feira

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto e ao final, a certeza de ter feito o nosso melhor, revigora,né? Um beijo,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. E saber que ainda teremos muitos TALVEZ pela nosso caminho.

    beijooo.

    ResponderExcluir
  5. Você anda sumida, Irene! Faz falta!

    E o talvez, tão insistente, revela em sua fala não a dúvida, mas certezas. Certeza das escolhas que faz; certeza dos sonhos cultivados; certeza do caminho; certeza do querer, do constante querer a vida! Certeza de saber-se encontrada e em construção, pronta a "correr atrás do que almeja", sempre... sempre!

    Um texto para ler, reler e deixá-lo entranhar-se, para revirar no ser e não permitir que se estacionem as utopias de vida!

    Meu carinho a você!

    ResponderExcluir
  6. "O importante não é o dia em que conhecemos novos amigos, e sim o dia em que eles começam a fazer parte de nossas vidas."

    (Autor Desonhecido)

    Feliz Sexta-Feira....Abraços!!M@ria

    ResponderExcluir
  7. Voce é feliz Irene.

    Bom fim de semana.

    beijo pra ti.

    ResponderExcluir
  8. Querida Irene!

    Talvez o que mais me faça doer seja este ponto que citasye:

    "TALVEZ eu seja enganada inúmeras vezes, mas não deixarei de acreditar que alguém merece minha confiança."

    Somos felizes e humanas o mais possível.

    Tenho muito orgulho em ter-te como amigo do coração.

    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Bom Dia!
    Vim deixar meu carinho:)e te
    desejar um belo dia!
    Tá tudo cada vez mais lindo aqui eheh parabéns Irene...

    Beijoss fica com Deus!

    ResponderExcluir
  10. Obrigada pela visita e carinho do comentário,gosto muito do que leio aqui.
    Boas energias,e vamos interagindo,bfs
    Mari

    ResponderExcluir
  11. oiiiii!!!!!!!!
    Milhões de desculpaaaaaasssss!!!!!!

    Eu não pude agradecer pelo presente pq tava em semana de prova, dai sabe como é neh????
    Então vou postar amanhã!!!!!!
    Amei de paixão viu?
    Ficou mega lindo!!!
    vc é muito querida!
    naão ficou chateada pela demora não neh ?

    bjus da Carol=)

    ResponderExcluir
  12. "As coisas tangíveis tornam-se insensíveis à alma da mão. Mas as coisas findas, muito mais que lindas, essas ficarão."

    (Carlos Drummond de Andrade)

    BOM FDS !Beijos de coração prá coração...M@ria

    ResponderExcluir
  13. Lindo texto!
    Tô aqui tbm. pra te convidar a conhecer o nosso blog, o Plugadas! Um blog totalmente conectado no que há de mais atual em moda, beleza, comportamento, filmes, música, enfim, no que há de melhor! Em breve teremos mais promoções! Dá uma olhadinha depois e comente, se possível! http://www.plugadas.net
    Plugue-se também!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá Irene, amei sua postagem, todos esses pensamentos, são lições de vida, questionamentos que estão presentes sempre dentro de nós, e que nos fazem querer sempre melhorar, lutar, viver, acompanhar, sentir-se viva...
    O Wallarte está completando 2 anos de vida, e terei o imenso prazer de vê-la por lá...bjão
    Wal.

    ResponderExcluir

Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails