sábado, 11 de setembro de 2010

"O desabrochar da primavera"



Que dia de felicidade e muita agitação na casa de Mariana. É dia de festa, é dia em ela completa seus dezoito anos e como filha única a família toda está envolvida nos preparativos.


Mariana linda como uma flor, ainda com um jeito de menina começa a desabrochar com a primavera, mostrando todo o encanto e a beleza de uma jovem mulher.


Numa mistura de alegria e satisfação ela levantou mais cedo, pensando na festa, no momento único de sua vida onde ainda havia tantos mistérios a serem desvendados, tantos sonhos a realizar, tanto a ser vivido.


Foi passear no jardim em frente a sua casa e ali ficou pensativa, admirando os lindos girassóis e colhendo uma flor fechou os olhos entregando-se aos tantos pensamentos que borbulhavam em sua cabeça.


Como seria sua festa? Com certeza a família estaria em peso presente, mas será que todos os seus amigos estariam lá? E o Alexandre em quem não conseguia deixar de pensar, estava apaixonada pela primeira vez e sua timidez não ajudava a chegar mais perto, a demonstrar os seus sentimentos. Na escola sempre estavam juntos, conversavam muito e sentia um calafrio quando ele a olhava ou até quando suas mãos se tocavam. Vivia um momento de transformações e sabia que assumia mais responsabilidades chegando a sua maioridade, que tinha que aproveitar cada momento vivendo intensamente, fazendo suas escolhas e certa de suas decisões.


Abrindo os olhos viu a flor de girassol que tinha em suas mãos com suas pétalas abertas recebendo o brilho do sol. Lembrou de uma história sobre as flores de girassóis que falava sobre o grande amor que a estrela tinha pelo sol.


“Contam que existia no céu uma estrelinha tão apaixonada pelo sol que era a primeira a aparecer no céu antes que o sol se escondesse. Toda vez que o sol se punha ela chorava lágrimas de chuva. A lua explicava que ela não podia ficar triste, pois estrela nasceu para brilhar de noite no céu ao lado da lua e não para se apaixonar pelo sol. Mas esse amor pelo sol era muito forte e não conseguia viver sem ele. Um dia a estrela foi pedir conselhos ao rei dos ventos e o rei disse a ela que seu sonho era impossível a não ser que ela deixasse de ser estrela e fosse morar na terra. Assim ela o fez sem pensar caindo na terra na forma de uma semente. O rei dos ventos a plantou numa terra macia, regando-a com as águas da chuva e foi com muito amor e carinho que a sementinha virou planta. Cresceu sempre procurando ficar perto do sol. As suas pétalas foram se abrindo, girando devagarzinho, seguindo o giro do sol no céu, surgindo então os lindos girassóis que explodem o seu amor e transbordam na primavera enfeitando os lindos jardins.”


Absorta em seus pensamentos não sentiu a hora passar o que a fez levantar-se correndo para casa e começar a se arrumar para a grande festa, a sua noite de princesa.


Começaram a chegar os convidados, sua casa estava toda enfeitada, as luzes, as flores, a música, a mesa de Buffet, a elegância dos garçons em seus postos, tudo estava divinamente encantador. Mariana vestida com um lindo vestido, com seus cabelos cacheados lhe davam o ar de uma princesa. Foi chegando à sala abraçando seus amigos e familiares sendo o centro das atenções.


Estava conversando com um grupo de amigas quando viu chegar o Alexandre e seu coração disparou de felicidade por ele ter vindo. Agora sua festa estava completa e sabia que muitas coisas estariam por acontecer em sua vida, mas agora só queria pensar naquele momento. Queria curtir a sua festa de dezoito anos, queria viver intensamente aqueles momentos de um primeiro amor, queria desabrochar com a primavera abrindo suas pétalas para o amor, para a vida.


Meus 18 anos
Tanto tempo esperei
Que o dia está chegando
E não sei o que farei.

Ahh ... Com 18 anos
Penso em tudo que farei
Festas para alegrar a todos
E barrada não serei.

Ahh... Com 18 anos
Dirigir já posso
Faculdade vou cursando
E o tempo vai passando.

Ahh... Com medo estou
Medo de crescer
Pois adulta já sou
E por mim vou responder.

O tempo vai passar
Minha vida seguirei
E rapidamente aos 30 anos
Formosa e madura chegarei



*Irene Moreira*
RSantos


 Minha participação para 33a. Edição Visual
Projeto Bloínquês


A M@myrene agradece o seu voto


Esta postagem você pode ler AQUI

Imagens , pesquisas google

9 comentários:

  1. Que linda história,Irene e voei aos meus 18 anos...(faz séculos,rsrsr) e tua inspiração foi linda e doce!Adorei!Parabéns ,boa sorte,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Bonita paticipação Irene
    Viver os dezoito aninhos é iniciar a floração de um lindo jardim de girassoís voltados para o sol .
    Parabéns.

    bom domingo, deixo abraços

    ResponderExcluir
  3. Sim, gostei muito do conto! Ele nos faz voltar aos medos e anseios da juventude, mas, preciso confessar-lhe, eu me encantei pela história da estrelinha! Não conhecia essa versão. E como ela se encaixou com perfeição no conto, no amor em cena!

    Penso que o amor é mesmo isso, essa entrega absoluta, capaz até de ousar riscos para além dos horizontes. Largar-se na terra, sem saber o próprio “vir-a-ser”, em nome de uma grande paixão. Isso sim, é ousar o amor! Isso sim, é entrega!

    Eu adoro metáforas, Irene!

    Meu carinhoso abraço!

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Irene,

    Vim pela indicação da Eliane, do Um pouco de Mim, e adorei ler esse conto maravilhoso.
    Que encantadora a versão da estrelinha apaixonada pelo sol e a volta aos 18 anos, as espectativas...puxa eu viajei...

    Beijos,

    ResponderExcluir
  5. Vim te visitar depois que li o post da @elainegaspareto! Gostei!

    beijo

    ResponderExcluir
  6. Olá,
    Sabe que me reportei aos quinze... aos dezoito... aos trinta...
    Que diferença faz em nosso viver!
    Um excelente Domingo cheio de paz junto aos seus familiares.

    ResponderExcluir
  7. oi querida vim conhecer seu blog e ja vou ficando
    bjkas♥♥

    ResponderExcluir
  8. Querida Irene!

    Julgo que não entrou o meu comentário anterior.

    Disse que ao ler este texto maravilhoso, tal como a Mariana, me sinto a mais bela flor do mundo, sou feliz e estou apaixonada.
    Que lindo!!!!!

    Beijinhos e abraços.

    Vou à tua festa, ver se sobrou uma fatia de bolo para mim :)))

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Instagram

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails